1873 – ‘Blue jeans’ é patenteado por Levi Strauss e Jacob Davis

Calça reforçada com rebites de metal foi idealizada por cliente de Strauss, comerciante têxtil; jeans originais eram chamados de ‘calças de cintura’
Em 20 de maio de 1873, é conferida ao empresário de San Francisco, Califórnia, Levi Strauss, e ao alfaiate de Reno, Nevada, Jacob Davis, uma patente pela criação de calças de uso diário reforçadas com rebites de metal, dando nascimento de uma das mais famosas confecções da história: o blue jeans.

Jeff M for Short/FlickrCC

Exemplo de blue jeans patenteado por Levi Strauss e Jacob Davis

Nascido Loeb Strauss em Buttenheim, Bavária, Alemanha, em 1829, o jovem Strauss imigrou para Nova York com sua família em 1847, após a morte de seu pai. Em 1850, Loeb mudou seu nome para Levi quando trabalhava num negócio de tecidos de sua família, J. Strauss Brother & Co. No começo de 1853, Levi Strauss embarcou para o oeste em busca de fortuna durante os excitantes dias da Busca do Ouro.

Em San Francisco, Strauss montou um negócio por atacado de produtos têxteis em seu próprio nome, trabalhando, igualmente, como representante na Costa Oeste da firma de sua família. Sua nova empresa importava roupas, tecido e outros produtos têxteis para vender em pequenas lojas abertas em toda a Califórnia e outros estados do Oeste a fim de suprir as comunidades de mineradores de ouro e colonos diversos que rapidamente se expandiam. Em 1866, Strauss mudou sua companhia para novas e amplas instalações, passando a ser um comerciante muito conhecido em toda a região.

Jacob Davis, um alfaiate de Reno, Nevada, era um dos clientes regulares de Levi Strauss. Em 1872, escreveu uma carta a Strauss a respeito de seu método de fabricar calças de bater com rebites de metal em pontos de maior esforço – nos cantos dos bolsos e na base da braguilha – para torná-los mais resistentes. Como Davis não dispunha de recursos para a documentação necessária, sugeriu que Strauss providenciasse os fundos e que os dois assinariam juntos a patente. Strauss aceitou com entusiasmo e a patente “Melhoria na Abertura Rápida de Bolsos”, a inovação que iria produzir os blue jeans que conhecemos atualmente, foi concedida a ambos em 20 de maio de 1873.

Strauss trouxe Davis a San Francisco para supervisionar a primeira fábrica de “calças de cintura” como os jeans originais eram conhecidos. No começo empregaram costureiras que trabalhavam em seus domicílios, mas a partir dos anos 1880, Strauss abriu sua própria fábrica. A famosa marca de calça rancheira 501 – conhecida até 1890 como “XX” – logo se tornou uma recordista de vendas, fazendo com que toda a companhia crescesse rapidamente. Já nos anos 1920, as “calças texanas ou de vaqueiro” marca Levi’s. Com o decorrer das décadas, a moda só fez crescer e os blue jeans passaram a vestir homens e mulheres, jovens e adultos, nos campos e nas cidades, azuis e até de outras cores, em todo o mundo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *