31.583 enfermeiros foram afastados por suspeita de coronavírus, diz conselho federal

Desse total, 21.524 tiveram o diagnóstico positivo para a doença; 219 morreram

Redação
Foto: Pixabay
Foto: Pixabay

Um total de 31.583 enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem já foram afastados de seus trabalhos por suspeita de Covid-19. Desse total, 21.524 tiveram o diagnóstico positivo para a doença, e 219 morreram. Os dados são do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) e foram publicados pela colunista Mônica Bergamo, do jornal Folha de S. Paul.

Segundo o Cofen, há um déficit de 22.801 profissionais da área nos serviços de saúde do país. O órgão ainda contabiliza 8.261 denúncias de falta de equipamentos de segurança individual para profissionais nos locais de trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *