À frente do PT em sua hora mais difícil

Coluna Fogo Cruzado – 17 de setembro de 2019
 

A corrente majoritária do PT pernambucano – “Construindo um novo Brasil” – reafirmou ontem numa coletiva de imprensa a candidatura do deputado Doriel Barros ao cargo de presidente. A eleição está marcada para os dias 19 e 20 de outubro, data da convenção regional. Já a facção liderada pelas deputadas Marília Arraes e Teresa Leitão mantém o apoio ao atual presidente, Glaucus Lima, que assumiu após a renúncia do advogado Bruno Ribeiro.

Há um terceiro candidato inscrito, José de Oliveira, da tendência “Resistência Socialista”, mas sem chance de êxito. A disputa se dará entre Doriel e Glaucus, que representam as forças sociais mais expressivas do partido. Doriel se apresenta com o apoio do senador Humberto Costa, do deputado federal Carlos Veras, da deputada estadual Dulcicleide Amorim, do vereador (e ex-prefeito) João da Costa, do secretário de Agricultura Dilson Peixoto, do presidente do IPA Odacy Amorim e do secretário de saneamento da Prefeitura do Recife, Oscar Barreto. É inquestionavelmente o candidato favorito com a difícil missão de dirigir o PT pernambucano após a queda de Dilma Rousseff e a prisão do ex-presidente Lula.  (Inaldo Sampaio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *