ACM Neto enfrenta desgaste na campanha após polêmica racial, diz site

Situação refletiu no resultado divulgado nesta quarta-feira pelo Datafolha

Redação
Foto: Assessoria/ UB
Foto: Assessoria/ UB

 

Uma análise feita pelo jornal Folha de São Paulo nesta quarta-feira (21) aponta que o candidato a governador da Bahia ACM Neto (União Brasil) enfrenta “desgaste na campanha” após se autodeclarar pardo em seu registro no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ex-prefeito de Salvador já havia se declarado pardo na eleição para a prefeitura de Salvador em 2016, porém neste ano,  a declaração foi questionada pelos adversários e ganhou repercussão após o ex-prefeito de Salvador questionar os critérios do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), durante entrevista à TV Bahia.

Segundo a publicação, apesar de ACM Neto liderar a corrida para o governo do estado, segundo levantamento do Datafolha divulgado nesta quarta-feira (22), a diferença ente ele e o seu pricipal rival Jerônimo Rodrigues (PT) diminuiu após as polemicas. Neto tem 48% das intenções de voto na pesquisa estimulada contra 31% de Jerônimo. Em terceiro lugar, vem o ex-ministro João Roma (PL), candidato apoiado pelo presidente Jair Bolsonaro (PL), com 8%.

A pesquisa ouviu 1.526 eleitores, e foi feita entre 19 e 21 de setembro. A margem de erro é 3 pontos percentuais. O nível de confiança é de 95%. A consulta está registrada no TSE : BA-07738/2022 e BR-09822/2022.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.