Advogado é preso suspeito de falsificar assinatura de juíza

cheque2

O advogado Adjá Tobias Ferreira, de 57 anos foi preso depois de falsificar a assinatura de uma juíza da 1ª vara civil de Camaragibe. O crime foi descoberto quando o cliente de Adjá pediu para que ele entrasse com a ação de usucapião de um terreno.

O cliente pagou R$ 4 mil para que o advogado transferisse o imóvel para o nome dele. Segundo a polícia, Adjá não encontrou com a ação, ficou com o dinheiro e falsificou a assinatura da juíza nos documentos. O cliente só descobriu que foi enganado quando procurou o setor tributário da Prefeitura de Camaragibe e viu que o terreno não estava no nome dele.

De acordo com a delegada Euricélia Nogueira, a juíza foi procurada e informou que a assinatura não era dela. Adjá vai respondeu por uso de documentação falsa. A promotoria entendeu que o crime também será configurado como estelionato. Se condenado, o suspeito poderá pegar até oito anos de reclusão. Adjá foi encaminhado ao Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima. (FolhaPE)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *