Agências bancárias estão fechadas em Juazeiro e Petrolina

A reivindicação é de 10,25%, com aumento real de 5%

Thalita Bezerra – Ação Popular

Os bancários da Bahia decidiram em assembléia entrar em greve por tempo indeterminado, desde terça-feira (18). A categoria decidiu rejeitar por unanimidade a proposta de 6% de reajuste feito pela Federação Nacional dos Bancos – Fenaban. O índice oferecido pelos banqueiros corresponde a 0,58% de ganho real acima da inflação, o que foi rejeitado pela categoria.

Banco Itaú

Segundo o Presidente do Sindicato dos Bancários em Juazeiro, Maribaldo Silva, a reivindicação é de 10,25%, com aumento real de 5%. “Além disso, estamos queremos mais contratações de funcionários, plano de cargos e salários que ainda não foi estabelecido uma regra que atenda toda a categoria e outras reivindicações que é especifica de banco a banco”, afirmou.

Maribaldo Silva

O presidente diz ainda que os caixas eletrônicos, os postos de atendimento e as loterias esportivas estarão atendendo normalmente ao público durante a greve. “Aqui no Bradesco a clientela está sendo bem atendida, estão fazendo depósito, com dinheiro nas máquinas e sempre estão sendo feitas as reposições”.

Em Juazeiro, a representação dos bancários informa que a categoria seguirá a orientação sindical no Estado. Por outro lado, alguns usuários já estão reclamando da greve que dura somente dois dias. “Estou sendo um dos prejudicados, vim na Caixa Econômica fazer um depósito e não conseguir por falta de envelopes”, lamentou o taxista Oldemir Sobral.

Em Petrolina todas as agências se encontram de portas fechadas, funcionando, apenas, o auto atendimento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.