Apagão educacional em Pernambuco e na Bahia

As escolas estaduais foram fechadas desde 18 de março, devido à pandemia do novo coronavírus. As aulas na rede pública foram substituídas por modalidades a distância, como as aulas transmitidas pela TV e pela internet, mas nem todos conseguem acompanhar. No Recife, o relato é de distribuição de livros na rede municipal, mas sem orientação próxima. Em todo o País, estudantes, pais e professores relatam “apagão” na educação. Só na rede estadual, a suspensão das aulas impacta, ao menos, 580 mil estudantes, sem contar os alunos das redes municipais e da rede privada, também afetados pela decisão.

Na Bahia está acontecendo a mesma coisa, ou pior com o governador sempre procurando confusão com o presidente Jair Bolsonaro. O Rui que antes se chamava de ‘Correria’, hoje é conhecido como barraqueiro, fofoqueiro e insano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *