Após detectar fraude, Marinha suspende concurso

Panamá nega autorização a norte-coreanos que inspecionariam navio carregado de armas

A Diretoria de Portos e Costas da Marinha suspendeu o processo seletivo nacional para praticante de prático (responsáveis por realizar manobras em embarcações), após tomar conhecimento de fraude no concurso.

A investigação concluiu que “foram tornados públicos alguns dados das provas prático-orais” na internet e nos classificados de um jornal fluminense.

No último dia 12, a Marinha já havia instaurado uma sindicância para apurar os vazamentos das manobras da prova prática. A Folha recebeu, na última semana, denúncias de que o site www.apraticantedepratico.com divulgava dados diários dos testes realizados com simulador desde meados de agosto. (Folha)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *