Após vazamento de dados, Bolsonaros, Weintraub e deputado são filiados ao PT por internautas

[Após vazamento de dados, Bolsonaros, Weintraub e deputado são filiados ao PT por internautas]

Após terem dados pessoais vazados na noite desta segunda-feira (1), filhos do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ministros e apoiadores do governo foram vítimas da “zoeira” da internet. Internautas utilizaram as informações para fazerem filiações ao Partido dos Trabalhadores (PT), sigla à qual o bolsonarismo se opõe fortemente.

Conforme checou a reportagem, no início da tarde desta terça-feira (2), o nome do filho 03 do presidente, Eduardo Bolsonaro, constava no sistema de pedidos de filiação no site oficial do PT.

 

 

De acordo com o jornal Estado de Minas, além do deputado federal, o 02, Carlos Bolsonaro, vereador do Rio de Janeiro, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, e o deputado estadual de São Paulo Douglas Garcia, ferrenho apoiador de Jair Bolsonaro, tiveram abertos pedidos de filiação ao Partido dos Trabalhadores.

O grupo hacker Anonymous Brasil assumiu a autoria do vazamento dos dados pessoais que atingiram também, ao menos, o presidente Jair Bolsonaro, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, e o empresário bolsonarista Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *