Apresentador da Record denuncia intolerância religiosa de motorista de aplicativo

Fábio Ramalho foi expulso do carro na porta da emissora aos gritos de ‘evangélico’

Por O Dia

Fábio Ramalho

Fábio Ramalho – Reprodução
Antes de chegar para trabalhar na Record nesta sexta-feira (18), o apresentador Fábio Ramalho teve que ir direto para a delegacia próximo de sua casa. Ele foi abrir um boletim de ocorrência contra um motorista de aplicativo por intolerância religiosa.
O jornalista contou que solicitou um carro na Uber para levá-lo à emissora e o motorista pediu para ele aguardar alguns minutos. Mesmo sem entender o motivo, Fábio esperou, mas depois de cinco minutos, resolveu comunicar ao motorista que iria cancelar a corrida. O profissional não gostou, expulsou o apresentador do carros aos gritos de ‘evangélico’.
Fábio assume que em nenhum momento revelou a sua religião, mas acredita que tenha a ver com o endereço final da corrida, a sede da Record. “Isso mostra o preconceito que é viceral e que as pessoas só põe para fora em momentos assim. Até isso acontecer a gente acha que as pessoas não tem preconceito nenhum”, explicou Fábio Ramalho à coluna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *