Apresentadora expulsa entrevistado que negou ditadura militar no Chile; assista

Deu ruim para o advogado Hermogenes Pérez de Arce, que foi expulso de um popular programa de entrevistas no Chile após negar a violação sistemática dos Direitos Humanos durante a ditadura de Augusto Pinochet.

A anfitrião do programa, Tonka Tomicic, tomou a decisão de expulsar Pérez de Arce do painel de convidados.

“Com licença, se cometi um ultraje no nível do canal, mas acho que isso é muito doloroso para o Chile. Eu não vivi a ditadura como você, Mas isso faz parte da história do país. Não podemos permitir que nossa história seja negada, temos que torná-la viva dia após dia, porque não podemos cair nos erros do passado”, disse a entrevistadora do Canal 13 (não tem nada a ver com o PT, caro leitor).

No Chile, as discussões estão quentes por conta dos protestos que sacodem o país há mais de 40 dias. Os manifestantes continuam nas ruas pedindo o fim do neoliberalismo e fazem um balanço de seu passado político, marcado pela violência, agressão aos direitos humanos, enfim, danificado pela ditadura militar.

Movimento Força Brasil Democrático@FBDemocratico

No Chile, apresentadora de TV pede para convidado se retirar após o mesmo negar a existência da ditadura chilena.

“Não podemos compartilhar o espaço da televisão com uma pessoa que está negando parte da história do Chile…” disse a apresentadora, aparentemente abalada.

Veja!

Vídeo incorporado

986 pessoas estão falando sobre isso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *