BBB 20: Após conversa sobre zoofilia em reality, Ministério Público é acionado

Conversa foi entre os participantes Mari Gonzalez e Felipe Prior

Foto: reprodução vídeo

Após ser acionado por casos de racismo e intolerância religiosa em outras edições do Big Brother Brasil, o Ministério Público foi acionado outra vez por apologia à zoofilia.

Segundo o jornal ‘Extra’, o delegado e deputado estadual de São Paulo, Bruno Lima disse que vai entrar com uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro para analisar a fala da influencer Mari Gonzalez em conversa com Felipe Prior.

No momento a baiana declarou ser “anormal” para eles sentirem atração por animais, mas tem gente “que sente tesão” e “está tudo bem se quiserem” ter relações sexuais com os bichos.

“Após esse triste episódio do ‘BBB20’, em que batem um papo sobre zoofilia, nossa equipe está estudando as medidas legais do que podemos fazer para não ficarmos só na teoria. Provavelmente vamos fazer uma representação no Ministério Público do Rio de Janeiro para apurarem os fatos. Zoofilia é crime, não é normal. Queria vê-los fazendo resgate de animal estuprado e falarem que é normal”, disse Bruno Lima em seu Instagram.

zulema@boninhadas

Surreal esse povo falando de zoofilia como se fosse NORMAL, longe de mim querer militar em BBB, mas isso é constrangedor e preocupante, eu não sou gay mas pra mim o Felipe e a Mari estão cancelados, tem coisas que já não são mais entretenimento…

Vídeo incorporado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *