Bolsonarista Véio da Havan está internado em SP com Covid-19, mas esconde doença

Empresário é defensor do uso da cloroquina para “tratamento precoce” da doença, que não têm eficácia comprovada; mesmo ativo nas redes sociais, ele não revelou diagnóstico; também infectada, sua mãe está na UTI

Por Fabíola Salani
email sharing button

O empresário bolsonarista Luciano Hang, o Véio da Havan, está internado em um hospital em São Paulo para se tratar de Covid-19.  Além dele, sua esposa, Andrea Hang, e sua mãe, Regina, de 82 anos, estão hospitalizadas na capital paulista para cuidados devido à doença. Regina tem o estado mais grave e está na UTI, segundo a jornalista Mônica Bergamo, da Folha de São Paulo.

Assim como o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ele defende o uso de hidroxicloroquina e da ivermectina para tratamento precoce da doença, o que não tem comprovação científica.

Mesmo internado, ele voltou a defender tais protocolos. Em uma publicação no Instagram nesta segunda-feira (18), o bolsonarista diz que um “fã” seu relatou que no Egito “os protocolos de tratamento preventivo e precoce indicam para tomar os remédios que alguns médicos aqui no Brasil também defendem”. E prossegue: “Aqui, infelizmente, querem proibir medicamentos que são usados há anos, mas insistem em fazer o lockdown que sabemos que não funciona. Como vocês podem ver no vídeo, onde foi feito o cuidado preventivo a vida segue normal. Por que aqui não podemos seguir o exemplo de onde deu certo? Para que insistir no errado? Me diga nos comentários o que você acha”. Veja a publicação.

Além da defesa de tratamentos não comprovados, Hang incita seus funcionários a descumprirem regras sanitárias em cidades onde há lojas da sua rede, a Havan, quando elas estão proibidas de abrir. Ele foi pessoalmente a Pelotas (RS) em dezembro para abrir a loja, mesmo com veto da prefeitura local para evitar a propagação do novo coronavírus, e organizou uma manifestação na frente da prefeitura.

Apesar de morar em Santa Catarina, o apoiador de Bolsonaro foi à capital paulista para se tratar.

Mesmo sendo ativo em redes sociais, Hang não revelou o diagnóstico. Depois do post sobre o tratamento precoce no Egito, ele continuou fazendo publicações. A última, na manhã desta terça-feira (19), dava informações sobre o PIS/PASEP. Nela, internautas questionaram se ele estava internado, mas não tiveram resposta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *