Bolsonaro acusa Rui Costa de ‘sumir’ com dinheiro dos respiradores

O presidente Jair Bolsonaro acusou, em entrevista à Rádio Sociedade, nesta quinta-feira (25), o governador Rui Costa (PT) de ‘sumir’ com o dinheiro da compra de respiradores malsucedida pelo Consórcio Nordeste, em 2020. Na época, foram pagos mais de R$ 48 milhões pelos aparelhos, que não foram entregues pela Hempcare.

Bolsonaro criticou a CPI da Covid, que apurou a sua condução da pandemia, e citou a suposta ausência dos aparelhos em unidades hospitalares. Em seguida, o presidente acusou, sem provas, Rui de sumir com o valor empenhando na negociação dos respiradores.

“Imagina se você tem um parente e um amigo que precisam de uma hemodiálise, e chega no hospital e não tem o equipamento. Ele vai morrer. A pessoa vai para um hospital, vai atrás de um respirador, e não tem. O Governador da Bahia [Rui Costa], aí, através do senhor Carlos Gabas, operador do Consórcio do Nordeste, sumiu com o dinheiro. Vai morrer gente”, disparou Bolsonaro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *