Bolsonaro é submetido a nova cirurgia de emergência, mas passa bem

Procedimento seria destinado a corrigir aderência nas alças intestinais

Jair Bolsonaro foi submetido a nova cirurgia de emergência, nesta quarta-feira.

O candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) foi submetido a uma cirurgia de emergência na noite desta quarta-feira (12) no hospital Albert Einstein, em São Paulo.

A informação foi confirmada pelo presidente da UDR (União Democrática Ruralista), Nabhan Garcia, que é amigo e apoiador de Bolsonaro e está no hospital com o deputado.

“Tecnicamente não sei o por quê, mas ele teve de ser submetido a uma cirurgia porque não passou bem ontem [terça-feira, 11] e nem hoje [quarta]”, disse Garcia. “Ele está em cirurgia agora, foi submetido há pouquíssimo tempo a essa cirurgia.”
O quadro clínico do capitão reformado piorou na manhã desta quarta, quando foi reintroduzida a alimentação venosa após ele ter reagido mal à tentativa de reiniciar o trânsito intestinal com o consumo de sólidos.

Com inchaço abdominal, ele se queixou de dores ao longo do dia e, após tomografia no começo da noite, foram identificadas suspeitas de aderências nas paredes do abdômen. É um quadro usual a quem sofreu grande trauma, como a facada que Bolsonaro levou na última quinta (6).

A cirurgia é emergencial e está sendo conduzida pelo médico Antônio Macedo.

Bolsonaro foi esfaqueado na quinta-feira (6) por um ativista de esquerda, durante evento de sua campanha na cidade de Juiz de Fora (MG), onde foi operado na Santa Casa e depois transferido para São Paulo.

Os boletins médicos do Albert Einstein vinha informando evolução satisfatória da recuperação do paciente, inclusive nesta quarta (12), por isso a informação sobre sua cirurgia causa surpresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *