Bolsonaro escatológico ataca Argentina e chama esquerda de cocô

Em discurso no Piauí na manhã desta quarta-feira, o presidente Bolsonaro voltou abrir matraca escatológica e atacou a oposição da Argentina e do próprio Brasil.

Durante o discurso, Bolsonaro trocou algumas vezes o nome do estado revelando seu desconhecimento e seu preconceito. No calor do momento, o Piauí virou Paraíba.

Mas o pior foi quando o presidente afirmou que iria “varrer o cocô do Brasil, essa raça de corruptos comunistas”.

Assista e confira:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *