Bolsonaro indeciso: tira ou não FBC?

Coluna Fogo Cruzado – 23 de setembro de 2019
 

Anuncia o porta-voz do Palácio do Planalto, Otávio Rego Barros, que o presidente Bolsonaro só vai decidir se mantém ou não o senador Fernando Bezerra na liderança do governo no Senado após retornar dos Estados Unidos. O presidente viajou ontem para abrir, amanhã, em Nova York, a Assembleia das Nações Unidas e não teve tempo para resolver este problema porque sua cabeça estava inteiramente direcionada para a questão da Amazônia.

Sendo assim, o senador pernambucano ganhou uma sobrevida de pelo menos uma semana, se até lá não acontecerem fatos novos. Ele já se preparou psicologicamente para deixar o cargo, e com ele uma parte do poder e do prestígio de que desfruta no governo, depois que o ministro Luís Roberto Barroso expediu um mandado de busca e apreensão em seu gabinete do Senado e nas suas residências de Brasília, Recife e Petrolina. Supõe-se que Bolsonaro só não aceitou de pronto o cargo porque não tinha outro nome na agulha para substituir Fernando Bezerra, e que gostaria de mantê-lo na função pelo menos até a votação do nome do filho, Eduardo, para a Embaixada do Brasil nos EUA. Bezerra Coelho já vinha arregimentando votos para o filho do presidente e sem ele na articulação política o placar pode não ser o mesmo. (Inaldo Sampaio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *