Bolsonaro troca de cirurgião e de hospital por não aceitar crítica à atuação do governo na pandemia

Miguel Srougi
Miguel Srougi (Foto: Reprodução)

 Jair Bolsonaro trocou de cirurgião e de hospital onde será operado da bexiga nesta sexta-feira (25) após tomar conhecimento de críticas do urologista Miguel Srougi à sua atuação diante da pandemia da Covid-19.

O renomado médico já operou diversas autoridades, incluindo os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Michel Temer (MDB). Procurado, Srougi afirmou que não iria comentar o assunto.
Esta é a sexta cirurgia pela qual o presidente passará desde a campanha eleitoral. As informações foram confirmadas ao jornal O Estado de S.Paulo por integrantes do Palácio do Planalto e da equipe médica.

O procedimento é considerado simples e a previsão é a de que Bolsonaro permaneça internado de um a dois dias. Na segunda-feira, 28, ele deverá participar de uma discussão com líderes do Congresso sobre o Pacto Federativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *