Bruna Marquezine critica inação do governo Bolsonaro sobre o petróleo nas praias do Nordeste

Atriz disse que o presidente prefere “apontar dedos” do que agir efetivamente para conter o petróleo

Reprodução/Instagram

A atriz Bruna Marquezine usou as redes sociais nesta segunda-feira (21) para expressar sua indignação sobre o vazamento de óleo que atinge cerca de 200 praias nordestinas desde o início de setembro. A atriz criticou o descaso do governo de Jair Bolsonaro (PSL) com relação ao desastre ambiental e disse que o presidente prefere “apontar dedos” do que agir efetivamente para conter o petróleo.

O Brasil, e principalmente os governos estaduais e municípios claramente não tem preparo e estrutura para lidar com um vazamento de óleo desse tamanho e o atual governo age com descaso e prefere apontar dedos do que decretar estado de emergência e executar as ações necessárias num momento grave como este, incluindo buscar e aceitar ajuda de qualquer outro país”, escreveu Marquezine.

A mensagem da atriz já iniciou convocando o público para que pressione as autoridades. “Precisamos exigir que as autoridades tomem atitudes urgentes. O governo e os órgãos competentes, assim como instituições especializadas, que dispõe de capital humano e da tecnologia de ponta, dos equipamentos técnicos e do conhecimento necessário, precisam atuar imediatamente pra conter o avanço do petróleo”, disse. 

Marquezine também chamou atenção para o fato de que o petróleo está contaminando animais marinhos e afetando a cadeia alimentar da qual “nós fazemos parte”. “Repensou agora?”, provocou. Bruna também direcionou sua mensagem ao povo nordestino, mas dessa vez para agradecer.

“Ao povo nordestino e a todos os voluntários, a minha eterna gratidão. O mundo está vendo que vocês estão limpando o óleo do nosso mar no braço. Obrigada”, escreveu. Quem tem atuado efetivamente na limpeza das praias são voluntários da região, como moradores e funcionários de ONGs. Um dos times de futebol mais engajados em causas sociais, o Bahia, também chamou seus torcedores e simpatizantes a se juntarem aos voluntários.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *