Bruno Reis pede suspensão da cobrança da taxa de incêndio

 

Em pronunciamento na Comissão de Defesa do Consumidor da Assembleia, o vice-líder da oposição, Bruno Reis (PMDB), pediu na manhã desta quarta-feira a suspensão imediata da cobrança da taxa de incêndio até que o governo e os parlamentares cheguem a um acordo sobre os equívocos contidos na legislação. “O próprio líder do governo (deputado Zé Neto) reconheceu a inconstitucionalidade da lei”, afirmou Bruno Reis. A taxa de incêndio foi criada para aumentar o caixa do Corpo de Bombeiros e possibilitar a modernização e o aparelhamento da entidade. “Existe uma lei em tramitação na Casa que trata do mesmo tema. O que temos de fazer é chegar a um acordo. Mas, antes, o governo precisa suspender a cobrança porque, de fato, a taxa de incêndio que foi instituída apresenta falhas em muitos pontos”, disse Bruno Reis.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *