Bruno saiu, mas voltou aos braços do zumbi

Bruno Araújo (PSDB-PE) bateu panela na tribuna durante sessão ordinária para votação de propostas que cassou Dilma. E agora se abraça ao amigo Temer

Primeiro a cair fora do Governo por achar irreversível o afastamento do presidente Temer, o ministro das Cidades, Bruno Araújo, recuou da decisão mais tarde quando se inteirou da decisão da cúpula do seu partido de se manter firme no apoio ao Governo. Raul Jungmann, ministro da Defesa, também pernambucano, teve que divulgar uma nota oficial diante das notícias de que teria abandonado o barco também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *