Câmara Municipal de Valente abre CPI contra prefeito

Por Bruno Leite

Câmara Municipal de Valente abre CPI contra prefeito

Foto: Reprodução

A Câmara Municipal de Valente abriu, nesta quarta-feira (9), uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar um suposto ato de improbidade administrativa praticado pelo prefeito Marcos Adriano de Oliveira Araújo (PSDB) na contratação de uma empresa que realiza os serviços de limpeza e coleta de resíduos para o município, a C. da Silva Santos Transportes Eireli – EPP.

A presidente da comissão, a vereadora Maria Madalena Oliveira Firmo, a “Leninha” (PT), disse que o grupo foi instituído para apurar “a questão da terceirizada de coleta de lixo e de poda por conta do indicio de desvios de recursos públicos através dela”. De acordo com a edil, há indícios de que trabalhadores efetivos da máquina pública estão prestando serviços que deveriam ser realizados pela empresa contratada. “Recebem pela prefeitura e a empresa recebe também”, relatou.

Além de Maria Madalena, outros três vereadores compõem a CPI: Elenildo de Oliveira Mota, Djalma Santana da Silva Neto e Romilson Cedraz Mascarenhas. Ao Bahia Notícias, o vereador Elenildo de Oliveira, conhecido como Nem da Apaeb, disse que o próximo passo nas investigações deverá ser dado ainda essa semana, com uma sessão extraordinária. (BN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *