Câmara rejeitou modificar regras para professores na Previdência

Destaque apresentado pelo Partido Liberal (PL), porém, recebeu 265 votos favoráveis e 184 contrários

Redação
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

 

A Câmara dos Deputados rejeitou retirar professores do ensino público da União das regras previstas atualmente na reforma da Previdência.

Segundo o portal G1, a sugestão foi apresentada como destaque pelo Partido Liberal (PL), mas recebeu 265 votos favoráveis e 184 contrários; dois deputados se abstiveram da votação.

Mesmo com maioria de votos pela mudança, eram necessários 308 votos favoráveis para aprovação do destaque, ou seja, faltaram 43 votos.

Logo após essa votação, o presidente da Casa, Rodrigo Maia, encerrou os trabalhos e convocou nova sessão para esta quinta (11), para dar continuidade à votação dos demais destaques

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *