Candidato a vice-prefeito de Afrânio renuncia e causa preocupação para a coligação

Rafael Antonio
Rafael Antonio

Thalita Bezerra – Ação Popular

O candidato a vice-prefeito em Afrânio na chapa de Carlos Cavalcanti (PSD), Rafael Antonio Cavalcanti (PT), popularmente conhecido como Perón, ‘fraquejou das pernas’ e renunciou a candidatura ao cargo de vice – prefeito, homologado em Convenção Partidária no dia 23/06/2012 pela legenda do Partido dos Trabalhadores – PT, da Coligação PSD/PT/PMDB, “Afrânio avança com liberdade e respeito”.

De acordo com a sua carta renúncia apresentada na justiça eleitoral, a sua saída é por motivo de foro intimo, nos termos do art. 67, §82 da Resolução TSE de n2 23.373. Importa salientar que o pedido de desistência foi devidamente requerido e aceito junto ao Partido dos Trabalhadores, e bem como pela Coligação PSD/PT/PMDB.

Informações dão conta que um dos prováveis motivos da renuncia teria sido o não comparecimento do mesmo para votar no Plebiscito referente ao desarmamento no ano de 2011, onde ainda sim tentou pagar a multa fora do prazo eleitoral.

Atualmente Afrânio conta com mais de 13 mil eleitores. Enquanto dois candidatos disputam a prefeitura, as 11 vagas da Câmara de Vereadores são cobiçadas por 44 candidatos a vereador. Para os formadores de opinião do município e região, isso é um péssimo sinal do que pode acontecer de ruim com o candidato Carlos Cavalcanti nas eleições de outubro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.