Candidatura do vice de Petrolina a deputado depende do prefeito Júlio Lossio

lossio

O vice-prefeito de Petrolina, Guilherme Coelho (PSDB), ainda não sabe se será candidato a deputado federal nas eleições do próximo ano porque o projeto dele está vinculado ao do prefeito Júlio Lossio (PMDB).

O prefeito poderá deixar o cargo em abril do próximo ano, para disputar o governo estadual, se o PMDB for excluído da chapa majoritária da Frente Popular nas eleições do ano que vem. Se permanecer, Coelho será candidato à Câmara Federal.

Lossio defende o nome do deputado Raul Henry para o cargo de vice-governador ou o do senador Jarbas Vasconcelos à reeleição.

Caso ambos fiquem fora da chapa majoritária que será encabeçada pelo PSB, ele admite disputar o cargo de governador em oposição ao candidato que será apoiado por Eduardo Campos. Nessa hipótese, o vice não seria candidato porque o substituiria à frente do governo municipal.

O vice traçou este cenário durante reunião das lideranças regionais do PSDB que ocorreu em Petrolina na última sexta-feira.

Participaram do encontro representantes de mais de 30 municípios do Sertão do São Francisco, além dos deputados Bruno Araújo (federal), Terezinha Nunes, Eduardo Porto e Daniel Coelho (estaduais).

O secretário de Irrigação da prefeitura de Petrolina, Otávio Alves, fez uma palestra sobre o “Canal do Sertão” que é defendido pelo prefeito e pelo ex-deputado federal (e pai do vice) Osvaldo Coelho (DEM).

Através de vídeos, Aécio Neves, Sérgio Guerra e Fernando Henrique Cardoso mandaram uma saudação para os participantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *