Ciro Gomes diz em entrevista a Monark que Lula sempre foi ‘fascistoide’

Declaração do pedetista ocorre em meio à ofensiva petista pelo voto útil

Redação
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula
Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

 

Durante a entrevista ao youtuber Bruno Aiub, conhecido como Monark, nesta quarta-feira (21), o candidato à presidência Ciro Gomes (PDT) atacou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e afirmou que o petista “sempre foi fascistoide”.

“Fascismo puro, isso que o PT e o Lula estão administrando contra o fascismo do [presidente Jair] Bolsonaro. É o fascismo na veia que sempre foi. O Lula sempre foi fascistoide”, disse Ciro durante o bate papo.

Declaração do pedetista ocorre em meio à ofensiva petista pelo voto útil. Ciro explicava sua proposta de taxar grandes fortunas quando atacou o adversário nas eleições.

“Qual é meu problema? Os super-ricos sabem quem eu defendo isso e estão matando a pau porque eu não tenho nem direito de ser candidato. Se depender do fascismo de esquerda aí, nem direito de ser candidato, para o povo ter uma opção e eu poder falar, nem mais isso eu devo ter”, disse o ex-ministro.

Entrevista a Monark

Ciro Gomes vem sendo bastante criticado por opositores após concender a entrevista para o youtuber. Adversários do pedetista lembraram que Monark se envolveu em uma polêmica, no início do ano, ao defender a legitimidade da existência de um partido nazista.

O deputado federal André Janones (Avante), candidato a reeleição, utilizou as redes sociais para criticar o pedetista. “Eu já achei o Ciro muito foda. Hoje, quando vejo ele batendo um papo descontraído com um nazista e ainda postando em suas redes como se tivesse tudo ok, eu sinto tão mal que nem sei o que expressar. Muito triste”, lamentou.

Por outro lado, o ex-juiz e ex-ministro da Justiça do governo de Jair Bolsonaro (PL), Sergio Moro (União Brasil), saiu em defesa do pedetista nas redes sociais. “A campanha de ataque ao Ciro Gomes é mais uma demonstração da natureza totalitária do PT”, afirmou o ex-bolsonarista e candidato ao senado pelo Paraná.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.