Clima tenso na Câmara de Petrolina

Da Redação

Diante das agressões verbais sofridas entre os próprios vereadores na Casa Plínio Amorim em Petrolina, mais outro episódio lamentável aconteceu na ultima sessão, dessa vez o fato se deu por conta das insinuações da presidente da Casa, vereadora Maria Elena (PSB), quando afirmou em entrevista coletiva, de que o vereador Osinaldo Souza (PP) estaria fazendo lobby junto à Construtora CM Machado.

Em seu discurso da tribuna, Osinaldo afirmou que Maria Elena terá que provar que ele se encontrou com o proprietário ou algum representante da empresa. Caso contrário, vai pedir o afastamento da vereadora do cargo de presidente.

“Não fui, e nem vou à CM Machado. Eu quero que Vossa Excelência explique nesta Casa com que intuito disse que eu fui à CM Machado atrás de documento, quem deve se explicar das obras não realizadas é a CM Machado e não eu que sou o presidente da Comissão de Justiça”.

O vereador não poupou críticas e afirmou que se a presidente não estiver explicação, terá que pedir desculpas à sociedade por ter faltado com a verdade. “Com que intenção a senhora disse que eu fui à CM machado, se vossa excelência não estive explicação, terá que pedir desculpas a sociedade por ter faltado com a verdade com esse vereador”, concluiu.

Há meses, a oposição não fala a mesma lingua e o clima esquenta a cada dia com a aproximação das eleições de 2012.

Informações de Neya Gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *