Com Davó em alta, Bahia visita o Londrina, concorrente por vaga no G4

Vinícius Harfush

 

Matheus Davó é o artilheiro do Bahia na Série B com sete golsMatheus Davó é o artilheiro do Bahia na Série B com sete gols (EC Bahia/Divulgação)

Tricolor é o 2º colocado; adversário ocupa a 5ª posição

O Bahia volta a jogar fora de casa pela Série B e enfrenta o Londrina, nesta terça-feira (16), às 20h30, pela 25ª rodada. O time tentará não repetir os erros que cometeu no último compromisso como visitante – na derrota diante do Sampaio Corrêa – para vencer e ampliar a já boa vantagem para as equipes fora do G4. O adversário paranaense é justamente o 5º colocado, com 34 pontos.

Na 2ª posição, com 43 pontos, o Bahia enfrentará um time que é somente o 10º melhor mandante da competição. Mas apesar do desempenho em casa não ser tão favorável, o Londrina vem de uma sequência mais sólida jogando no Estádio do Café.

Antes da derrota para o líder Cruzeiro, que aconteceu nos minutos finais na última semana, o Tubarão vinha de quatro jogos sem perder como mandante. Além dos mineiros, o único time que ganhou em Londrina foi o Vasco.

Em campo, Enderson Moreira terá uma mudança forçada por suspensão: a saída do zagueiro Didi, expulso contra o Ituano. Gabriel Xavier deve ser o titular porque Luiz Otávio segue tratando lesão e não está disponível.

A outra mudança que pode acontecer no onze inicial é no ataque. Artilheiro do time na Série B com sete gols, Matheus Davó está cotado para ganhar a posição de Rodallega, que não vive boa fase. Caso Enderson opte por colocar Davó para atuar em uma das pontas, as opções de saída são Copete e Jacaré.

Ao contrário do jogo contra o Sampaio Corrêa, quando ficou em Salvador para aprimorar a forma física, dessa vez o meia Ricardo Goulart viajou com o elenco.

Davó comentou sobre o fato de estar sendo reserva e afirmou que respeita as decisões do treinador. “Eu acho que todo jogador almeja ser titular, ainda mais em uma grande equipe como é o Bahia. Então sigo trabalhando, aproveitando minhas oportunidades e também respeitando. Acho que no tempo certo as coisas se encaixam, e isso não muda meu jeito de trabalhar, meu jeito de desempenhar. É tudo em prol do Bahia, estou aqui pra ajudar”, declarou.

Sobre o “jogo de seis pontos” hoje, o atacante diz que o elenco encara com mentalidade de final de campeonato. “A gente veio aqui [em Londrina] com um clima de decisão, sabe que é um jogo muito importante e que a gente pode se distanciar cada vez mais do quinto colocado. E o nosso objetivo é ter essa folga de pontos, buscando sempre o topo. Também estamos defendendo uma segunda colocação, estamos todos com o objetivo de sair aqui com o triunfo”, continuou.

Ao comentar sobre sua fase artilheira na carreira, Davó afirmou que está muito feliz com o desempenho e lembrou que o processo de amadurecimento em campo requer muita paciência. “Acho que foi preciso foco e paciência para as peças irem se encaixando, ouvir os conselhos… Acho que não tenho nem 100 jogos na carreira, eu precisava desse desenvolvimento, e o Bahia me deu todo o suporte para eu conseguir ir melhorando cada vez mais”.

O atacante, que fará seu 100º jogo como profissional exatamente contra o Londrina, passa pela sua melhor fase em relação às bolas na rede, com oito gols (um deles pela Copa do Brasil) em 23 partidas.

Após essa partida, o Bahia terá um intervalo de 12 dias até entrar em campo de novo para mais um confronto direto, contra o Vasco, na Fonte Nova.

Fonte: Correio

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.