Com dois óbitos e mais 85 casos confirmados para COVID-19 em Juazeiro, SESAU divulga Boletim desta quinta-feira (03). Aumento de novos casos foi de 400% nas últimas 24h

 

A Secretaria Municipal da Saúde lamenta informar no boletim epidemiológico desta quinta-feira (03) outros dois óbitos em consequência da COVID-19 em Juazeiro. O primeiro ocorreu no Hospital Regional no dia 08 de outubro e só teve resultado confirmado agora. Trata-se um homem de 75 anos e que tinha como comorbidade carcinoma de pulmão. O outro paciente, um homem de 66 anos, também estava internado no Hospital Regional e tinha como comorbidade doença pulmonar obstrutiva crônica. Esse outro óbito ocorreu no dia 29 de novembro e com esses o município chega a um total de 123 mortes ocasionadas por complicações com o novo coronavírus.

A SESAU informa ainda o registro de 85 casos confirmados para COVID-19 em Juazeiro e o total desde o início da pandemia chega a 6.025 infectados. Do Boletim anterior para essa atualização a taxa de testes positivos cresceu 400%. Com mais 22 recuperações, agora são 4.302 curas clínicas e o tratamento em isolamento domiciliar, sem gravidade, continua subindo e chega a 1.575 pacientes. No geral já foram realizados 20.722 testes, com 14.567 resultados negativos, considerados descartados.

Dos 85 pacientes testados positivos para COVID-19, 52 são do sexo feminino e 33 do sexo masculino, com idades entre 04 e 74 anos, dos quais 02 são profissionais de saúde. Desse grupo, 83 encontram-se em isolamento domiciliar e 02 estão internados. Os resultados foram obtidos através de 70 testes rápidos anticorpo, 09 testes rápidos antígeno e 06 testes RT-PCR no Lacen de Salvador. Do geral de infectados com o novo coronavírus, 3.287 são do sexo feminino, 2.737 do sexo masculino e 333 são profissionais de saúde.

As internações reguladas apenas pela rede municipal estão indicando movimento de alta e nas últimas 24 horas a taxa foi de 9%, saltando de 23 para 25 pacientes, sendo 15 internados em leitos de UTI e 10 em leitos intermediários. Apesar dessa tendência, o Hospital de Campanha teve nova queda no número de pacientes em leitos intermediários, agora só com 01 internado e taxa de ocupação de apenas 3%. Nas Salas Vermelhas da UPA não houve alteração, permanecendo com 01 paciente internado e taxa de ocupação de 25%. Já nos leitos intermediários da Unidade de Pronto-Atendimento a quantidade subiu para 05 internados e a taxa de ocupação aumentou para 42%.

Luiz Hélio/SESAU

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *