Conferência de Cultura na Bahia

Cidade do Saber, em Camaçari – região metropolitana de Salvador.JPG

A Bahia avança em mais uma etapa da III Conferência Nacional de Cultura (CNC). Acontece nos dias 12 e 13 deste mês a V Conferência Estadual de Cultura (CEC), que traz como tema “Uma política de estado para a cultura: desafios do Sistema Estadual de Cultura”. O evento será na Cidade do Saber, em Camaçari – região metropolitana de Salvador.

Cerca de 900 participantes vão debater propostas para os sistemas Estadual e Nacional de Cultura. Do Ministério da Cultura, estarão presentes o ministro interino da Cultura, Marcelo Pedroso, o secretário de Articulação Institucional, Bernardo Mata Machado, e o secretário de Políticas Culturais, Américo Córdula, além da equipe da Regional do MinC na Bahia e Sergipe.

A programação traz duas novidades: o Balcão de Atendimento da Cultura – uma iniciativa da Regional do MinC com apoio da Secult BA – e a primeira eleição do Conselho Estadual de Cultura. O estado da Bahia é pioneiro no país ao realizar essa ação, dando mais um passo no processo de institucionalização de uma política cultural participativa.

Já o Balcão de Atendimento da Cultura, que teve um piloto na II Conferência Estadual de Sergipe, vai funcionar no primeiro dia do evento.

A V CEC resulta de um processo de debates sobre políticas culturais na Bahia, que começou em junho deste ano. Desde então, foram realizadas 358 conferências municipais, 27 conferências territoriais e 26 conferências setoriais (sendo que 18 elegeram delegados).

A programação completa está no site http://culturabahia.com/

Destaque em Sergipe

Durante os dois dias da II Conferência Estadual de Sergipe (26 e 27/09), mais de 35 municípios receberam atendimento do Balcão da Cultura, da Regional do MinC na Bahia e Sergipe. Cerca de 80 pessoas buscaram informações sobre Pronatec, programa Cultura Viva, Sistema Nacional de Cultura (SNC) e Concurso Cultura 2014.

“O objetivo foi aproximar os agentes, dirigentes e produtores culturais das políticas do Ministério da Cultura”, afirmou o representante do MinC Lula Oliveira. Foram distribuídos planos setoriais, a Revista do MinC e folders de editais. “Tem sido muito importante todo apoio dado às secretarias municipais de Cultura”, disse Irineu Fontes, secretário de Cultura de Laranjeiras.

Sergipe foi o primeiro estado do Nordeste a aderir ao SNC e quase metade dos municípios realizaram conferências de cultura neste ano.

(Texto: Janaina Rocha, RRBA/SE)
(Fotos – na home e acima: Ascom/Cidade do Saber – Camaçari/BA)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.