Confusão na Câmara de Casa Nova referente mais outro escândalo envolvendo o prefeito Wilker Torres; veja vídeo

Da Redação

Acuado diante de tantas denuncias graves, o prefeito do município de Casa Nova, Wilker Torres (PSB) decidiu partir para o desespero forçando ocupantes de cargos comissionados e contratados à ocuparem o espaço da Câmara Municipal para impedir a entrada de pessoas ligadas a oposição que pretendem cobra a criação de uma CPI para apurar a sangria do dinheiro que supostamente vem ocorrendo nos cofres municipais. A sessão começou as 10 horas da manhã de hoje com muita confusão e protestos com pessoas portando cartazes querendo justiça.

Mostrando-se desesperado e muito abatido, o prefeito chegou a mostrar o quanto está perdido e sem rumo que decidiu fazer reunião em um terreno baldio com seus vereadores da base, e alguns assessores, antes da sessão ordinária da Câmara inciar. O objetivo do gestor e seu grupo era impedir que a oposição criasse a CPI, e que ainda levasse o caso ao Ministério Público e à justiça. Para alguns formadores de opinião ligados a questão jurídica, a suposta acusação sobre a venda dos terrenos no centro da cidade é caso de cadeia.

A reportagem do AP recebeu print referente aos recados encaminhados à funcionários para que ocupassem as dependências da Câmara. (Veja abaixo)

A reportagem do AP manteve contato com o ex-vereador e pré-candidato a prefeito João Honorato (PSL). “Vamos aguardar, houve um erro grave da gestão (falsificar uma lei) só uma investigação apurada para saber o autor.
Ele como gestor não tem como fugir das suas responsabilidades”. Honorato ainda classificou o gestor e seu irmão deputado Tum, como responsáveis por terem causado outros graves problemas, e que com isso, tem debochado da justiça e da população por continuarem impunes. “Eles tem apostado na impunidade. Essa gestão é um mar de improbidade”, concluiu.

Com a palavra a administração municipal.

Galeria de fotos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *