Conspiração? Marinha encontra barril da Shell com óleo no litoral do Nordeste

No último dia 10, Jair Bolsonaro que tem quase certeza que o derramamento de óleo que atingiu as praias do Nordeste é criminoso, após levantar suspeitas de que a origem do vazamento estaria relacionada à Venezuela

A Marinha confirmou nesta quinta-feira (17) que recolheu nesta quarta-feira (16) um barril cheio de óleo com o logotipo da petrolífera transnacional Shell nas proximidades da Ponta de Tabatinga, a 7,4 quilômetros da costa de Natal, no Rio Grande do Norte.

“Os dados disponíveis até o momento não permitem concluir se o episódio tem relação com outros tambores encontrados no litoral de Sergipe (que também tinham o logo da Shell) ou com o óleo que tem se espalhado pelas praias do Nordeste”, afirmou a Marinha, em nota.

A Shell havia informado que os tambores encontrados em Sergipe eram originalmente embalagens de lubrificantes para navios, de um tipo que não é produzido no Brasil. A empresa informou também que não havia reutilizado seus tambores.

No último dia 10, Jair Bolsonaro que tem quase certeza que o derramamento de óleo que atingiu as praias do Nordeste é criminoso, após levantar suspeitas de que a origem do vazamento estaria relacionada à Venezuela.

“Obviamente, não temos bola de cristal para descobrirmos rapidamente quem foram os responsáveis por esse ato criminoso, mas as providências sempre tomamos”, ressaltou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *