Daniela Mercury processa Eduardo Bolsonaro por fake news

Da Redação
Daniela Mercury processa Eduardo Bolsonaro por fake news(Divulgação)
Cantora acusa filho do presidente de difamação por vídeo

A baiana Daniela Mercury entrou com uma ação contra o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) por difamação. Segundo informações da coluna do jornalista Ancelmo Gois, de O Globo, o caso está na 20ª Vara Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP).

No processo, a artista pede que o filho do presidente Jair Bolsonaro (PL) pague uma indenização por ter compartilhado em abril uma montagem em vídeo que insinua que a baiana falou que Jesus Cristo era “gay, muito gay, muito bicha, muito viado”.

“Fake News é crime. Aos criminosos, a lei”, disse Daniela, em abril desse ano, ao anunciar a intenção de ir à Justiça contra o parlamentar.

A fala foi retirada de um protesto que Daniela fez em 2018 no Festival de Inverno de Garanhuns – só que a cantora se referia ao cantor Renato Russo, antes de cantar “Tempo Perdido”, da Legião Urbana. O protesto era por conta da retirada da peça “O evangelho segundo Jesus, Rainha do Céu”, da programação.

Ao compartilhar o vídeo, Eduardo Bolsonaro afirmou que a fala da cantora era causada por “abstinência” da Lei Rouanet. Depois, ele apagou a publicação em que escreveu: “Cuidado! Cenas fortes. Efeitos colaterais da abstinência de Lei Rouanet. A que ponto a pessoa contaminada chega. Deus, tenha misericórdia deles, eles não sabem o que falam”.

Veja o vídeo original da fala da cantora:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.