Datena descarta Bolsonaro e admite ser vice de Bruno Covas

Durante a entrevista, Datena voltou a criticar a fala de Bolsonaro com relação à repórter da Folha, Patricia Campos Mello

Foto: Reprodução

Parece que o jornalista José Luiz Datena deu mesmo as costas ao presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ). Em entrevista à repórter Jussara Soares, publicada nesta sexta-feira (21), no Estadão, o apresentador admitiu que pode ser vice do prefeito Bruno Covas (PSDB) apoiado pelo governador João Doria (PSDB) nas próximas eleições.

“Eu já tive um contato com ele (Bolsonaro) dizendo que ele está completamente liberado de me apoiar. Ele pode apoiar outra pessoa. Ele está liberado disso”, afirmou.

Datena disse que seu compromisso é com o Bruno, “que é um cara que desenvolvi uma amizade muito rápida. Ele é um bom cara. Nós não avançamos, mas é uma possibilidade. A maior probabilidade é de que eu saia candidato pelo MDB. Vou me filiar após o carnaval”.

“É difícil eu não sair candidato a alguma coisa em São Paulo. Por isso a possibilidade de vice. Eu nunca estive tão próximo de ser candidato.”

Durante a entrevista, Datena voltou a criticar a fala de Bolsonaro com relação à repórter da Folha, Patricia Campos Mello.

“Eu lamentei que o presidente reverberasse o que esse cara falou. Eu gosto do presidente como pessoa, não abro mão da amizade dele, mas acho que, como presidente da República, ele tem que respeitar os brasileiros. Eu lamentei muito que ele (Bolsonaro) fizesse aquela brincadeira (aos risos, o presidente disse a apoiadores que a jornalista ‘queria dar o furo’ contra ele)”.

Leia a entrevista completa aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *