De 89 pra cá, Bolsonaro tem pior avaliação em 100 dias de governo

  1. De 1989 pra cá, ano em que foram restabelecidas as eleições diretas para presidente da República, Jair Bolsonaro tem a pior avaliação nos 100 primeiros dias de governo.
  2. De acordo com pesquisa do Datafolha divulgada pela “Folha de São Paulo” neste domingo, o governo do presidente Bolsonaro é considerado ruim/péssimo por 30% dos brasileiros, ante 32% que o consideram bom/ótimo e 33% que o consideram regular.
  3. No mesmo período, Collor tinha 36% de aprovação, FHC 39%, Lula 43% e Dilma 47%.
  4. Com relação ao índice de reprovação, Collor (PRN) tinha 19%, Fernando Henrique Cardoso (PSDB) 16%, Lula (PT) 10% e Dilma Rousseff (PT) 7%.
  5. No quesito regular, Collor tinha nos seus 100 primeiros dias de governo 43%, FHC e Lula 40%, Dilma 34% e Bolsonaro 33%.
  6. Os eleitores de maior renda são os que mais aprovam o atual governo, chegando a 43% os que o consideram ótimo/bom.
  7. Já dos eleitores que recebem até dois salários mínimos, apenas 26% aprovam o governo.
  8. A região Nordeste, única em que Bolsonaro foi derrotado por Fernando Haddad (PT), foi a que registrou maior índice de desaprovação ao atual presidente, com 39% de ruim/péssimo. No Sul, 39% dos eleitores consideram o governo ótimo/bom.
  9. Já o vice-presidente Hamilton Mourão (PRTB), que é muito mais maleável do que o presidente em termos políticos, é considerado ótimo/bom por 32% dos entrevistados.
  10. Por outro lado, 59% dos eleitores acreditam que o desempenho do governo irá melhorar de agora em diante. O Datafolha ouviu 2.086 eleitores entre os dias 2 e 3 de abril em 24 das 27 unidades da Federação.(Inaldo Sampaio)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *