Deputados não acreditam em candidatura do União Brasil em 2022

Foto: Valter Pontes / Prefeitura

O recém criado União Brasil, fruto da fusão PSL-DEM, pode não ter um candidato próprio ao Palácio do Planalto em 2022. É o que avaliam alguns membros da nova sigla.

Para a Jovem Pan, um deputado do Democratas, que preferiu se manter anônimo, afirmou que em sua primeira eleição, o União Brasil deve focar em crescer o número de parlamentares e disputar os governos estaduais. Atualmente, o partido tem 82 deputados federais, mas deve perder uma boa fatia com a janela partidária.

“Na hora H, vão compreender que este é o melhor caminho a ser seguido. Por que não teremos um presidenciável em 2022? Para não comprometer o Fundo Eleitoral com uma campanha sem chances reais de vitória. É por uma questão de administração dos recursos. Tenho convicção de que a eleição vai polarizar entre Lula e Bolsonaro”, avaliou.

Mais cedo, a coluna Vixe, do portal Muita Informação, informou que DEM e PSL estão em divergências sobre uma possível candidatura à presidência. Segundo a publicação, enquanto a ala do DEM defende que o partido não tenha um candidato próprio ao Planalto, a ala do PSL insiste em lançar um nome à presidência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *