Desgastada, candidatura do ex-cunhado de Isaac naufraga

Na sexta-feira (29) a reportagem do Ação Popular (AP) foi informada que o PCdoB se reuniu e decidiu desencantar o empresário e ex-cunhado do prefeito, Isaac Carvalho, Plácido Alexandre da sua candidatura de deputado estadual.

Por mais esforço que fizesse, a sua candidatura não estava empolgando, e ainda estava enfrentando um sério problema: o forte desgaste da administração municipal. Possivelmente, entre em seu lugar, o vereador Crisóstomo Lima. Plácido já vinha trabalhando, formando base em alguns municípios e lugares da zona rural de Juazeiro.

Estimulado para tentar eleger o ex-cunhado, o prefeito Isaac chegou a se aproximar de ex-prefeitos derrotados da região, sendo que alguns já estavam aproveitando da oportunidade para tentar emplacar o nome de outros possíveis candidatos a exemplo de Jorge Lobo em Uauá, com o nome do irmão Marcos Lobo. Em Uauá, o nome de Marcos já está mais do que consagrado, o que ainda faz o prefeito Isaac e sua equipe não acreditarem no fato.

Ainda assim, em alguns municípios do sertão do S. Francisco, os diretórios municipais do PCdoB não tinham o mínimo interesse de fazer campanha para Plácido como foi constatado pela reportagem do Ação Popular ao longo dos dias.

Em Sento Sé, o ex-prefeito e secretário da administração municipal, Juvenilson Passos (PT) tem como  candidato à estadual, Paulo Rangel, o que é natural. Em outros municípios da região, houve contatos com lideranças, agora resta saber se Isaac vai entrar com a mesma ênfase na possível candidatura de Zó.

Fazer campanha com administração desgastada, e ainda contando com a possível ajuda da máquina demitindo funcionários, fica pra lá de complicado. Caso Zó não seja o candidato, quem pode entrar é o ex-deputado estadual Pedro Alcântara – outro que a pré-candidatura de deputado federal na empolgou e que teria dificuldade na eleição porque o seu principal adversário, Joseph Bandeira (PSB), concorre pela mesma base, que é Juazeiro. Possivelmente tenha acontecido um acordo para a retirada da candidatura de Plácido e o retorno da candidatura de Pedro para estadual com o apoio de Isaac já que o relacionamento entre ambos não vinha nada bom nos últimos meses.

Na verdade o povo de Juazeiro já teve dois ex-deputados estaduais, que se elegeram com o apoio de parentes e tiveram a carreira política curta, não passaram de um mandato: a primeira foi a do ex-deputado estadual Joroasto Espinola, que contou com o apoio do irmão, ex-prefeito Rivas. Que por sinal fez um excelente mandato e o povo não reconheceu. A outra foi a do ex-deputado Misael Neto que se elegeu com o apoio do pai, o ex-prefeito Misael Aguilar. Este fez teve um mandato desastroso e só gostava de ser ‘chicleteiro’. Provavelmente, temendo acontecer o mesmo, o prefeito Isaac Carvalho decidiu cair fora para não ser enterrado politicamente. Veja abaixo o anuncio da desistência da candidatura de Plácido postado em seu face:

Com sentimento de gratidão,nesse momento informo,que não serei mais candidato em 2014.Por uma decisão pessoal. Estou muito feliz,por ter iniciado uma pré-campanha e ter sido tão prestigiado,acolhido e apoiado.Gostaria de agradecer a Deus,Aos Baianos,Ao Pc do b,A minha família e principalmente a Isaac Carvalho,que me apoiou em todas as decisões.Gostaria também de pedir a compreensão,De todos os meus amigos,Que estavam empenhados nessa caminha.Continuarei dando minha parcela de contribuição,para que juazeiro e região,continue seguindo em frete. Plácido Alexandre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *