Diretórios regionais do PT declaram apoio à Marília Arraes, mas não farão oposição ao PSB

Segundo o presidente do PT-Recife, no entanto, o partido não fará oposição ao PSB. Instâncias petistas locais apoiavam a manutenção da aliança com os socialistas no Estado

Por Noelia Brito

Ao JC , Cirilo Mota disse acreditar que houve uma “intervenção” do Diretório Nacional do PT nos órgãos locais da sigla, mas que a decisão partidária será respeitada. “Seremos um projeto alternativo no campo de esquerda. A gente não sabe se a direita vai ter mais de uma candidatura, então vamos trabalhar para derrotar esse campo político, não faremos oposição ao PSB. A gente acreditava que a melhor tática era a aliança, mas respeita a decisão nacional. Agora vamos nos concentrar em derrotar o projeto da direita”, afirmou.

Ainda de acordo com o presidente, o Diretório Municipal do PT se reunirá no próximo sábado com Marília Arraes para elaborar a tática da campanha da deputada. “Como até então Ainda de acordo com o presidente, o Diretório Municipal do PT se reunirá no próximo sábado com Marília Arraes para elaborar a tática da campanha da deputada. “Como até então nenhum partido declarou apoio ao projeto do PT, temos que discutir estratégias, possíveis coligações. Por isso marcamos esse novo encontro”, pontuou. O presidente estadual do PT, deputado estadual Doriel Barros, foi procurado para comentar o caso, mas não quis se pronunciar. O senador Humberto Costa não atendeu às chamadas feitas pela reportagem até a publicação desta matéria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *