Dívidas com INSS faz Prefeito de Uauá (BA) propor entrega das chaves da Prefeitura

Prefeito Olimpio Cardoso
Prefeito Olimpio Cardoso

Thalita Bezerra/Ação Popular

O prefeito Olímpio Cardoso (PDT) confirmou ao Jornal AP que terá de demitir os servidores contratados e promover uma reforma administrativa para enxugar a atual estrutura administrativa de 10 Secretarias como solução para manter a folha de pagamento em dia.

“É uma ação que tem que ser feita imediatamente, vamos agora promover os ajustes para honrar o compromisso com o servidor, cumprindo o que a lei determina”, observa o prefeito que embora reconheça o impacto político dos novos cortes, não vê outra saída. “É preferível descontentar um ou outro companheiro a atrasar a salário“, avalia.

Segundo o prefeito, o município não possui uma receita fixa por conta das dívidas deixada pelo ex – gestor Jorge Lobo. “Não existe receita no município, quem comanda a receita é o INSS. Para se ter uma ideia o INSS pegou todo o fundo de participação do dia 10 e 20 do mês de março no valor de R$ 500 mil, portanto, quando chegou a junho, o INSS retirou novamente mais dinheiro. Não temos para quem apelar, ficamos a ver navios. Eu já propus a alguns prefeitos a entregarmos as prefeituras ao INSS, seria a única solução”.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *