Eduardo evita confronto com Lula e diz para todos “ficarem tranquilos”

edu

O governador Eduardo Campos (PSB) evitou ontem (30) confronto direto com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Informado, em coletiva, que Lula em breve estaria em Pernambuco, segundo ele mesmo prometeu, Eduardo amenizou. Também desconversou sobre a declaração do ex-presidente, que ironizou a aliança do governador com Marina Silva, frisando que a ex-senadora representava “encrenca”. Segundo Eduardo, muitas análises feitas em 2012 diziam que ele e Lula iriam para o embate com ele e as previsões não aconteceram.
“Fiquem tranquilos. Eu tenho uma relação com o presidente Lula que vai além das questões conjunturais e eleitorais. E essa relação ficou inteiramente preservada em situações de palanques que não eram os mesmos e nem por isso nós deixamos de ter uma relação de grande respeito que continua viva”, afirmou, referindo à campanha de 2012, onde ele apoiou a candidatura de Geraldo Julio (PSB) contra a de Humberto Costa (PT).
Indagado se acreditava que Marina seria encrenca, como aposta Lula, Eduardo resumiu: “fiquem tranquilos, vai dar tudo certo”, afirmou o governador, após participar de uma solenidade no Centro de Convenções, sede provisória do governo estadual.  
Eduardo encerrou ao coletiva ao ser questionado, ainda, sobre a declaração do ex-presidente, na qual ele disse que tanto José Serra (PSDB) como Marina Silva serão “sombras”, respectivas, do senador Aécio Neves e de Eduardo.

Fonte: Diário de Pernambuco

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *