Eduardo precisa criar fatos políticos

 

Divulgou-se ontem uma nova pesquisa do Ibope sobre a corrida eleitoral para presidente da República. Em relação à pesquisa anterior, de 24 de outubro, Dilma Rousseff cresceu dois pontos percentuais (foi de 41% para 43% das intenções de voto), Aécio Neves manteve os 14% que tinha e o governador Eduardo Campos oscilou, negativamente, de 10% para 7%. Convém lembrar que na pesquisa de 26 de setembro do mesmo Ibope a presidente Dilma tinha 38%, o senador Aécio 11% e o governador de Pernambuco 4%. É certo que pesquisa realizada a 1 ano da eleição vale muito pouco. Mas também não é menos certo que o governador de Pernambuco precisa criar “fatos políticos” para robustecer sua candidatura. A aliança com Marina Silva já deu a mídia que tinha de dar. Dilma tem mídia diária pelo cargo que ocupa e Aécio pela briga que trava com o tucano José Serra. Falta a Eduardo Campos encontrar o seu caminho midiático.A aliança do governador Eduardo campos com Marina já deu a mídia que tinha que dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *