Ele voltou

Demitido do Ministério da Educação por telefone enquanto estava em missão oficial em Portugal, em 2004, Cristovam Buarque voltou a ter ligação com o PT anos depois de ter participado da oposição ao partido e votado pelo impeachment de Dilma Rousseff, em 2016. Buarque declarou voto em Lula ainda no primeiro turno e agora compõe o grupo de transição de Relações Exteriores, longe da educação, área em que é de fato um grande especialista.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.