Em nota, ex-prefeito de Sento Sé afirma que ‘houve falha na prestação de contas,’ e que ‘contas foram suspensas devido a atos ilícitos do ex-gestor’

Da Redação
Em reposta a matéria divulgada pela direção municipal do PSDB de Sento Sé nas redes sociais, informando que o ex-prefeito Juvenilson Passos (PT)  teria desviado recursos da merenda, em nota ele rebate as acusações e afirma que “a atual prefeita vem tendo dificuldades de receber recursos do FNDE em razão de atos ilícitos praticados pelo gestor anterior, Ednaldo Barros”.
Confira:
Em nota o ex-prefeito do município de Sento-Sé e atual secretário de Administração, Juvenilson Passos esclarece que a suspensão se deu em razão de supostas falhas apuradas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE na prestação de contas apresentada na época dos fatos.
Esta mudança de entendimento implicou na rejeição das contas e atribuição de débito, entretanto, esta é uma decisão ainda provisória e Juvenilson Passos terá a oportunidade de exercer o direito a ampla defesa e ao contraditório, visto que ainda não existe processo judicial instaurado para analisar a situação fática ora em análise.
Aproveitando, é importante destacar que desde o início da atual gestão a Prefeita, Ana Passos vem tendo dificuldade em receber recursos oriundos do FNDE e até mesmo a cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) devida ao município já chegou a ser suspensa em razão de atos ilícitos praticados pelo gestor anterior, Ednaldo Barros (PSDB), contra quem já foram propostas várias ações em razão da prática de atos de improbidade administrativa, especialmente no que se refere à ausência de prestação de contas dos recursos destinados ao custeio das ações de saúde e educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *