Embaixadora do Brasil “arma barraco” na ONU na presença de Jean Wyllys

O jornalista Jamil Chade relatou um “barraco” promovido pela embaixadora brasileira, Maria Nazareth Farani Azevêdo, em reunião da ONU (Organização das Nações Unidos).

A diplomata se recusou a ouvir uma resposta de Jean Wyllys, que participava da mesa de discussão. Ela deixou a sala gritando que a presença do ex-parlamentar na ONU “envergonha o Brasil”.

“Senhora embaixadora, ouça a minha resposta. (…) O fato da senhora ter saído do seu lugar e vir com discurso pronto para essa sala é sintoma mesmo de que minha presença aqui amedronta a senhora e o seu governo, que não tem compromisso com a democracia”, disparou Wyllys.

Ele foi aplaudido ao final.

Confira:

Vídeo incorporado

Jamil Chade

@JamilChade

Barraco na ONU promovido pela embaixadora do Brasil que se recusou a ouvir a resposta de Jean Wyllys.

7.258 pessoas estão falando sobre isso

Chade também comentou:

Jamil Chade

@JamilChade

Em 20 anos cobrindo a ONU, jamais vi o Brasil protagonizar uma cena tão triste como a que a embaixadora do governo Bolsonaro promoveu hoje. O Itamaraty, contaminado por um vírus extremamente perigoso: o da intolerância.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *