Empate no Supremo

Os ministros Alexandre de Moraes, Luís Roberto Barroso, Luiz Fux, Carmen Lúcia e Edson Fachin (relator da Lava Jato no SFT) são a favor da prisão após condenação em segunda instância. Já os ministros Gilmar Mendes, Dias Toffoli, Rosa Weber, Celso de Mello e Ricardo Lewandowsky são contra, o que beneficia o ex-presidente Lula.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *