Equipe de afiliada da Globo é agredida em cobertura eleitoral; jornalista leva ‘mata-leão’

Repórter passou por exames médicos; servidor suspeito da agressão será exonerado

Redação
Foto: reprodução/TV Integração
Foto: reprodução/TV Integração

Uma equipe da TV Integração, afiliada da Rede Globo, foi agredida durante uma cobertura eleitoral, na manhã desta quinta-feira (29), em frente ao Pronto Atendimento de Saúde Municipal (PAM) de Prata, no interior de Minas Gerais.

O repórter Arcênio Corrêa conversava com funcionários do PAM para apurar denúncias de moradores sobre as condições físicas do prédio. Em seguida, um médico, que se identificou como Jaqueni Melo, tentou tirar satisfação com a equipe, quando a confusão foi iniciada. Outro homem que estava próximo da cena agarrou o repórter por trás e o enforcou, com o golpe conhecido como ‘mata-leão’. O agressor fugiu do local e jogou um celular no chão.

Um Boletim de Ocorrência foi registrado e o repórter passou por exames médicos. Ele se queixava de dor nas costas, lesões nos braços e dores ao engolir. De acordo com o boletim médico, ele sofreu escoriações leves.

Um procedimento administrativo descobriu que todos os envolvidos na agressão eram funcionários da unidade de saúde. Por causa disso, o prefeito da cidade, Anuar Arantes Amuy (MDB), decidiu exonerar o supervisor de Cultura de Prata e afirmou que o contrato com o médico Jaqueni Melo deve ser rescindido. O prefeito também lamentou o ocorrido.

A agressão à equipe foi repudiada pela emissora, TV Integração, e pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Associação Mineira de Rádio e Televisão (Amirt), Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais, Federação Nacional dos Jornalistas e ainda pelo Conselho Regional de Medicina do Estado de Minas Gerais (CRM-MG).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *