“Estamos passando por dificuldades”, diz prefeito de Curaçá (BA)

Prefeito participou de encontro

Da Redação 

Com o intuito de melhorar sua administração frente ao município, o prefeito de Curaçá, Bahia, Carlinhos Brandão (PPS),  foi mais um prefeito da região do Vale do São Francisco que participou do ‘Capacita Municípios’, uma orientação sobre o cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal para prefeitos e gestores municipais, realizada pela União das Prefeituras da Bahia (UPB), em parceria com o Tribunal de Contas dos Municípios (TCM/BA), que aconteceu em Juazeiro na última sexta-feira (27/9).

O prefeito falou da contribuição do encontro no planejamento e controle com o limite de gastos com pessoal.  “Todas as prefeituras estão passando por momentos difíceis, infelizmente estamos sem poder cumprir os compromissos. Estamos acima do limite e o máximo de funcionários permitidos é de 54%. Precisamos reajustar, e pra isso precisamos está antenados com o TCM”, contou.

Na oportunidade, Brandão destacou que Curaçá está passando por dificuldades por conta da seca que castiga todo o sertão brasileiro, e o município não está conseguindo honrar alguns compromissos, principalmente com o sertanejo. “O FPM (Fundo de Participação dos Municípios) hoje mal cobre as despesas com o INSS, que desconta na folha. Temos que cortar alguns gastos para atender as necessidades do homem do campo. Estamos fazendo malabarismo para enfrentar a seca, temos que fazer milagre na minha região”, disse.

Entre algumas ações, o prefeito disse que a prefeitura vai abrir poços com recursos do município e para isso vai utilizar verbas do Royalty das Caraíbas Metais. “Com esse dinheiro, estamos patrulhando estradas, limpando cacimbas, limpando aguadas, já estamos instalando mais de 20 poços, e vamos instalar mais de acordo com as necessidades e com as condições do município. A prefeitura está fazendo o papel dela, meu compromisso é com o homem do campo que esse está passando por uma dificuldade muito grande”.

 Está em andamento, a construção de uma adutora, que levará água para as localidades de Barro Vermelho, Poço de Fora e Esfomeados, na região de Curaçá. “A Adutora do Forró já tem 80% das obras concluídas e o governo do estado deve retornar as obras em breve, a previsão de inauguração é no mês de dezembro”.

Recentemente foi noticiado na imprensa regional, que o município de Curaçá teria efetuado a compra de alguns produtos alimentícios com valores superdimensionados. Brandão justificou que os opositores veicularam na mídia críticas a sua administração. “Os opositores que nada fizeram quando estiveram na administração, agora entra uma nova gestão que está trabalhando, ai estão agoniados. Tem que ter oposição, mas façam oposição com responsabilidade”, finalizou.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *