Estatal criada por Eduardo Campos, mas que nunca funcionou é fechada pelo Governo de PE

Do Blog de Jamildo — O governador Paulo Câmara (PSB) assinou uma lei estadual determinando a extinção da estatal pernambucana Porto Fluvial de Petrolina.

Criada em 2010 pelo ex-governador Eduardo Campos, a empresa nunca funcionou.

Agora, caberá a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico, comandada agora pelo ex-prefeito Geraldo Júlio (PSB), as providências administrativas para a extinção da estatal. Curiosamente, Geraldo Julio começou sua vida pública na cidade, como secretário de FBC, pai de Miguel Coelho.

Geraldo terá 30 dias para começar os procedimentos.

Com o fracasso da estatal, caberá ao Estado assumir as obrigações decorrentes da empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *