Estudante dá facada em outro por comentário homofóbico nas redes sociais

Agressão ocorreu no meio da aula de uma escola estadual em Americana (SP)

Facas encontradas com o agressor (Divulgação/Polícia Militar)

Um estudante foi esfaqueado na sala de aula de uma escola em Americana (SP), nesta quarta-feira (19). O crime foi motivado por acusação de homofobia.

O caso ocorreu na Escola Estadual Heitor Penteado, durante uma aula de Física da turma do 2º ano de Educação de Jovens e Adultos (EJA). A vítima, de 18 anos, teria se levantado para trocar de lugar quando foi atingido nas costas com uma facada. O agressor, de 35 anos, era um companheiro de classe.

“O professor contou que estava tudo tranquilo na sala de aula, quando viu o aluno se levantando. Na sequência, ele gritou de dor e saiu correndo. O docente foi atrás, enquanto os colegas de sala seguraram o agressor”, disse o diretor regional de ensino de Americana, Haroldo Ramos Teixeira.

A Polícia Militar encontrou o suspeito ainda dentro da escola e apreendeu duas facas. Ele afirmou que a agressão foi motivada pela publicação de um vídeo íntimo dele, supostamente postado pelo colega, e de outra publicação em que a vítima teria feito comentários homofóbicos sobre ele.

A vítima foi levada ao Hospital Waldemar Tebaldi e deve receber alta até sexta (21). Uma audiência de custódia deve definir se o agressor cumpre a pena por tentativa de homicídio simples em liberdade.

“Após a definição da situação dele com a Justiça, o Conselho de Escola vai se reunir para avaliar qual o futuro dele na instituição de ensino”, disse Teixeira. O agressor entrou no colégio esse ano, e a vítima já estuda lá há dois.

As aulas da noite de quarta (19) foram suspensas por causa da confusão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *