Ex-prefeito de Uauá é localizado

Jorge Lobo

Da Redação

A reportagem do Ação Popular foi informada por populares, que o ex-prefeito do município de Uauá, Bahia, Jorge Lobo (PRTB) estará nesta sexta-feira naquele município as 12h, na Rádio Comunitária Luz do Sertão FM, localizada na Praça São João Batista, Casa Paroquial, para participar de uma entrevista ao vivo.

Informações divulgada no Diário Oficial de 13/06, através de edital destacado pela Fundação Nacional de Saúde (FUNASA), o ex-gestor municipal está sendo procurado. De acordo ainda o anúncio, Lobo está sendo convocado para atender notificação referente ao convênio firmado entre a Prefeitura e a FUNASA. O convênio foi referente a não conclusão do projeto de duplicação de uma adutora para melhorar o abastecimento de água no município na ordem de R$ 560 mil adquirido pelo então deputado federal, João Almeida (PSDB).

De acordo o edital, o ‘Lobo’ foi procurado e não encontrado: “ Jorge Lobo encontra-se em local “incerto e não sabido”, e que o não atendimento à convocação no prazo de 15 dias ‘implicará na sua inclusão na conta Diversos Responsáveis no Sistema Integrado de Administração Financeira – SIAFI e demais sanções administrativas cabíveis’.

Em face de irregularidades apuradas pelo Ministério Público Federal durante os mandatos do ex-prefeito, Jorge Lobo, estão tramitando na Justiça Federal, em Juazeiro, duas Ações Civis Públicas por Improbidades Administrativas (Processos n.ºs 0001302-97.2008.4.01.3305 e 0003627-40.2011.4.01.3305) e uma Ação Penal (Processo n.º 0001081-17.2008.4.01.3305), nesta última ele é acusado de sonegação de contribuição previdenciária.

Além disso, existem inúmeras representações no Ministério Público Federal contra o ex-prefeito de Uauá. Considerando a Justiça, o mesmo, responsável pelos crimes acima, ele ainda pode ser preso.

Cabe agora ao Ministério Público Federal, ou a Policia Federal, fazer diligencia para resolver o problema que causou um elevado prejuízo aos cofres da nação, inclusive ao povo de Uauá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *